Segunda-feira
24 de Junho de 2024 - 

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
32ºC
Min
24ºC
Chuva

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
26ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
35ºC
Min
27ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
32ºC
Min
24ºC
Chuva

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
26ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
35ºC
Min
27ºC
Parcialmente Nublado

Comitê das Escolas Judiciais do Fojures realiza sua primeira reunião*

Publicado em 21/05/2024 Durante o encontro ficou definido que cada Escola Judicial deverá ofertar, no mínimo, dois cursos por ano cujos temas sejam de interesse comum de todas escolas, assegurando reservas de vagas para participação de magistrados e servidores dos tribunais vinculados ao Fojures. Também deverá ser realizado um congresso anual das Escolas Judiciais do Fojures, organizado conjuntamente pelas Escolas O diretor acadêmico da Escola de Formação de Servidores da Seção Judiciária do Espírito Santo (EFA-SJES), juiz federal Aylton Bonomo Júnior, e que também representa a Escola da Magistratura Regional Federal da 2ª Região (EMARF), reuniu-se, na tarde de sexta-feira, 17/5, com representantes da Escola de Magistratura do Estado do Espírito Santo (EMES) e da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região (EJUD), para instalação do Comitê Permanente das Escolas Judiciais do Fojures (Fórum Permanente do Poder Judiciário no Estado do Espírito Santo).   A partir da esquerda: Mário Sergio da Silva Caiado e Adib Pereira Netto Salim (respectivamente, secretário e vice-presidente da EJUD-TRT17), Maria Izabel Pereira de Azevedo Altoé (coordenadora da EMES), Ronnie Francis Rangel Mariano (supervidor da EFA-SJES) e Aylton Bonomo Júnior (diretor acadêmico da EFA-SJES)   Presentes à reunião, pela EMES, a coordenadora da escola, Juíza de direito Maria Izabel Pereira de Azevedo Altoé, e, pela EJUD-TRT17, o juiz do trabalho Adib Pereira Netto Salim, vice-presidente da escola, juntamente com o secretário Mário Sergio da Silva Caiado. Também participou da reunião o supervisor da EFA-SJES, Ronnie Francis Rangel Mariano. Na pauta, definições sobre o trabalho do Comitê Permanente das Escolas Judiciais. Sobre a eleição do coordenador do comitê, ficou estabelecido que coincidirá com o representante do Tribunal (TRF, TRT, TRE ou TJ) que estiver na Coordenação do Grupo Diretivo do Fojures. Em razão disso, o juiz federal Aylton Bonomo Junior foi eleito por aclamação o coordenador do presente Comitê, até que outro Tribunal assuma a coordenação do Fojures. Cursos de interesse em comum Durante o encontro, ficou acordado que cada Tribunal representado deverá enviar no grupo de Whatsapp do Comitê a relação de ações educacionais programadas para o corrente exercício, para efeito de mapeamento e identificação de eventuais duplicidades de temas. A EFA-SJES se encarregará de compilar as informações e identificar os cursos de interesse mútuo, a fim de definir as ações que poderão ser realizadas em conjunto. Cada Escola Judicial deverá ofertar, no mínimo, dois cursos por ano cujos temas sejam de interesse comum de todas escolas, assegurando reservas de vagas para participação de magistrados e servidores dos tribunais vinculados ao Fojures. Ficou definida, ainda, a realização de um congresso anual das Escolas Judiciais do Fojures, organizado conjuntamente pelas Escolas em data a ser oportunamente fixada. Reuniões de trabalho O Comitê se reunirá presencialmente ao menos duas vezes por ano, sendo um encontro no primeiro semestre e outro no segundo semestre, além de reuniões virtuais quando se fizerem necessárias. *Fonte: SJES Compartilhar: Assuntos:FojuresmagistradosSJESTRF2
21/05/2024 (00:00)
Visitas no site:  1358172
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.